Obrigado, Syriza

Graças à Grécia, hoje todos conhecemos com exactidão as fronteiras que definem o mapa da eurozona. A má notícia é que nesse mapa surge o grotesco desenho de uma prisão política à escala continental. Agora que tudo é mais nítido - poderes, poderosos e seus colaboradores - em breve saberemos se a democracia na Europa pode ser perigosa ou se está condenada a ser irrelevante.

A Alemanha e os seus aliados



" O gráfico é do Guardian, a expressão no título - "a Alemanha e os seus aliados" -, de estranha ressonância histórica, resgato-a de Paul Krugman: "the utterly irresponsible campaign of financial intimidation waged by Germany and its allies" Sobre portugal apenas podemos dizer: "Shame on you (us)"