Paulo Fonseca

Apresento a minha versão do que, face ao plantel existente, deveria ser o Porto nas competições internas:

 

O duplo pivot sumariamente abolido;
Lucho desce para a a zona da primeira fase de construção;
Ghilas faz de Lisandro (emulando o tempo em que Lisandro fazia de falso extremo);
Consoante os momentos de forma, Varela rodaria com kelvin e Licá;
Nos jogos mais competitivos (Champions, Benfica e Sporting), seria de equacionar colocar Defour, Herrera ou Josué no lugar de Lucho, Lucho no lugar de Quintero, passando Quintero para 12º jogador.

Se Paulo Fonseca continuar, inamovível, a acreditar nas suas ideias, então, fatalmente, acabará por as ver brilhar na Playstation.



<< Home