José Guerra (1952-2012)

Foi meu incansável guia nos caminhos da cegueira. A luta pelos direitos das pessoas com deficiência perde uma das suas vozes mais esclarecidas, inquebrantável nas suas convicções. Eu perdi um amigo e um sage. Até sempre, José Guerra.

 



<< Home