Le Notti Bianche


Dança uma música que não conhece mesmo intuindo fazer corte ao ridículo, óbvio sintoma do amor-paixão. Marcello Mastroianni em Le Notti Bianche (1957), subtil incorporação do fracasso mal arquivado  o nosso  é o supremo intérprete do júbilo em tentar.

Comments:

Enviar um comentário

Comentários



<< Home