Bruna

Como podemos ver neste vídeo, a vereadora da educação da câmara municipal de Mirandela sentiu-se muito mal - como professora e como mãe - com aquilo que viu na Playboy e, claro, acha muito bem que Bruna Real seja afastada das salas de aula; afinal, explica-nos serenamente, quando tomamos algumas opções na vida temos que arcar com as consequências e, portanto, abdicar de outras possibilidades. É a vida, diz-nos a vereadora. Mas sejamos claros, que os juízos morais de Maria Gentil (ou de outrem) possam interferir com a carreira profissional de uma uma professora é uma opção, porventura uma opção fundada em valores da ordem do imperativo ético, valores que a obrigaram a um activismo pelo recato corporal das professoras publicáveis, mas ainda assim uma opção. Outra opção, esta colectiva, é aquela que tomámos quando decidimos que o Estado e os seus meios não deveriam ficar na mão de juízos morais individuais, uma opção feita para, entre outras coisas, podermos abdicar de pessoas como Maria Gentil a exercerem poder discricionário. Mesmo que a moderamente gostosa da Bruna seja reintegrada, dadas as opções tomadas eu gostava de saber do que é que a nada gostosa Maria Gentil está disposta a abdicar.

Publicado também no Arrastão.

Comments:
Graças à Bruna o meu filhote seguiu atentamente o Jornal da Sic, perante o meu olhar admira. Cito: Mãe uma pessoa precisa de estar informada!
maria joão
 
"Outra opção, esta colectiva, é aquela que tomámos quando decidimos que o Estado e os seus meios não deveriam ficar na mão de juízos morais individuais, uma opção feita para, entre outras coisas, podermos abdicar de pessoas como Maria Gentil a exercerem poder discricionário".

Resumindo: De um lado os moralistas, do outro os moralistas do anti-moralismo.
Engraçado esse conceito do "opção colectiva". Significará, porventura, que qualquer 49% tem que ter a moralidade de se integrar nos moralismos dos 51%.
É verdade que será o menos mau sistema mas a democracia tem destas coisas, considerando o relativo como o absoluto.
 
Tenho um professor que é gay e que com a nova lei vai casar, ao sair da escola beija e abraça o seu companheiro.....os meus colegas tiraram umas fotos com o telele.....foi bacano ver aquilo nas aulas...deverá este professor ser suspenso?
 
Alguém sabe se "colectivamente" podemos "despejar" aquela vereadora?

Por esta e por muitas outras omeço a ser defensor do fim do municipalismo!

Não há em Portugal suficientes pessoas competentes para tantos cargos autárquicos, mais os outros todos, pelo que uma simplificação tecnocrática pode ser uma solução :-)

Jpdias
 
Dá gosto ver as fotos!!!como é

que á bichas????
 

Enviar um comentário

Comentários



<< Home