Balotelli, observa como eu faço

Sem a mordacidade que provavelmente me obrigaria a levar várias pessoas ao suicídio, desde logo a minha pessoa e os convivas que, de entre os moches a quem posso telefonar gratuitamente, estivessem disponíveis para o efeito - perigo que o autor terá considerado -, o maradona chama a atenção para a natureza excessivamente esquemática do post infra, traço esse que, putativamente, diz ele, eventualmente, a seu ver, na leitura que nos oferece, daquela perspectiva, visto dali, estaria patente nas frases que, respectivamente, o abrem e fecham. O facto é que a pronta humildade do Ouriquense me deixa sem grande espaço de manobra - não que o tivesse antes. Mas, não obstante o constrangimento imposto por essa réplica vagamente servil, vinda de Ourique, cabe considerar: desta perspectiva, na leitura que se me oferece, dados os termos em que a questão é posta, visto daqui, não é absolutamente improvável que o maradona esteja pejado de razão. No caso em apreço.

Comments:
Que grande resposta. Mas até aí, está-se mesmo a ver, obviamente, e não sem alguma raiva, que o mérito também é do maradona que, de facto, via HTML, provocou esta, repito: grande, resposta.
 

Enviar um comentário

Comentários



<< Home