A sombra de uma dúvida


A Sombra de uma dúvida, Alfred Hitchcock (1943)

O Benfica está a jogar o melhor futebol que vemos em Portugal desde há muitos anos. Assim sendo, apesar da benesse de um investimento de 33 milhões de euros, jamais me passaria pela cabeça tirar mérito à prodigiosa máquina montada Jorge Jesus. O que Jorge Jesus não merecia é que Ricardo Costa, o narciso que preside à Comissão Disciplinar da Liga, colocasse este campeonato sob suspeita. Como bem denunciava Costa Andrade há cerca de um mês, no seu afã justiceiro, polvilhado da mais refinada hipocrisia, Ricardo Costa não teve problemas em atropelar regras elementares do Direito. Com a dramática redução de pena de Hulk pelo Conselho de Justiça da FPF, a senda persecutória de Ricardo Costa fica a céu aberto. Até porque HUlk estava a fazer uma época risível, o Benfica de Jorge Jesus, o Benfica de Aimar, Cardozo, Saviola, Di Maria e Javi Garcia não precisava dito. E provavelmente não merecia a sombra da dúvida que inevitavelmente ficará pairando sobre o campeonato 2009/2010.

Comments:
Quando vi a imagem, rejubilei. Ah, finalmente um post que não é sobre futebol... Ah.
 
já cá faltava a indie coisa para, enfim
 
Pedro, Limão, como se percebe o futebol é um mero pretexto para reflectir sobre o cinema da década de 40 do século passado. Pensei que fosse evidente.
 
'tá calado ó bieira, parto-te já a tromba
 
CJ CONTRARIA JURISPRUDÊNCIA

Ao enquadrar os stewards como "público", o Conselho de Justiça (CJ) da Federação contraria as suas antigas decisões em casos idênticos. Fernando Mendes (E. Amadora-FC Porto, 1997), João Vieira Pinto (Rio Ave-Benfica, 1997) e Duah (V. Setúbal-U. Leiria, 1998) agrediram bombeiros e o CJ não teve dúvidas em classificar as vítimas como intervenientes no jogo, quando, em vigor, estava a mesma regulamentação que castigou Hulk e Sapunaru.

fonte:... See More
http://www.cmjornal.xl.pt/noticia.aspx?contentid=17155FA0-5E9F-4B8A-B847-D3386C5A63E8&channelid=00000012-0000-0000-0000-000000000012&h=3
 
Bruno, até podias ter ido mais longe e aproveitado o nome do filme em português - "Mentira" ("A sombra de uma dúvida" é o título em brasileiro) - para caracterizar este campeonato (e, claro, reflectir sobre o cinema da década de 40 do século passado).
 
Porque é que o CD da Liga é hipócrita, e o CJ da Federação não o é ?

Sempre que uma segunda instância revogar uma decisão anterior é porque a primeira instância foi hipócrita e justiceira?

Com franqueza...
 
A hipocrisia foi a de Ricardo Costa na conferência de imprensa, disse que a pena lhe parecia demasiado pesada mas tinha que aplicar os regulamentos. A hipocrisia, como explicou Costa Andrade, é que se ele realmente pensava assim bastava que fizesse uma leitura tão abrangente dos regulamentos para incluir os stewards como agentes desportivos.

Ricardo Costa podia ter dado os 4 meses mas escusava de aplicando interpretação mais castigadora do regulamente ao mesmo tempo que dizia que tinha muita pena.

Dizem os entendidos que isto é o contrário daquilo que um juiz deve fazer na aplicação do bom senso ao encontro do "espírito da lei.
 
Ricardo, não fiquei convencido da confirmação da pena do Vandinho, quizas mais cirúrgica para eventual montagem d'a mentira.
 
promessas, promessas
 
ehehehehehe
 
O Benfica de JJ não merecia de facto, mas os responsáveis do benfica mereciam algo mais: é bom relembrar que o que despoletou as "criancices" de Hulk e do "Sapo Naru" (personagem de livro infantil lá está) foi a orquestração do cenário, com "estewardes" ali colocados como provocadores, igual ao ano anterior.
 
bruno, mas mais ainda filipe:

1 - os stewards não despoletaram coisa nenhuma. viram as imagens? os jogadores do porto estavam dentro do balneario e voltaram a sair porque quiseram. por ordem de alguém, para se atirarem a alguém. e quem atropela o direito não é ricardo costa mas o cj da fpf sempre tão amigo. um steward é parte do público? vocês engolem tudo.

2 - 33 milhões gastos, é verdade. mas se acrescentarem que o porto gastou 31 milhões (está no vosso relatório e contas) entre junho e dezembro de 2009... ah! e se leres com atenção esse relatório reparas que o relatório, dissimuladamente, afirma que pagaram 4,8 milhões de euros, em dezembro, por 25% do passe do... tomás costa.
 
Nessa lógica então infiro apenas uma coisa: as escutas a PC num ano de Porto fortíssimo (campeão europeu) criam suspeitas sobre a veracidade de todos os campeonatos ganhos pelo FCP na era PC.
O que se passa com o Benfica este ano está tão próximo da dúvida como o que se passou com o Porto nos últimos 30 anos está perto de certeza.
 
O Bruno abre um precedente fantástico. É que se o Benfica é suspeito mesmo jogando bom futebol, então a superioridade desportiva das exibições do Porto nos últimos 25 anos nada conta perante as evidências de um presidente corrupto. O problema é que sobre o SLB paira, quanto muito, uma sombra. No FCP há frutas, cafés com leite, sound bites afins, que não pairam. Afundam!
 
Os campeonatos do Mundo e da Europa, a Liga dos Campeoes -- eu compreendo que a
malta siga. Veem-se muito bons jogos de futebol.

Agora, nao compreendo como teem pachorra para seguir todos os anos os campeonatos nacionais, semana a semana, ou duas vezes por semana. Em particular, os jogos do
campeonato portugues. Eu nunca vejo um jogo completo do campeonato portugues, mas quando dou uma espreitadela, sao so' jogos rascas, suspeicoes sobre os arbitros, claques selvagens (eufemismo)..

Ja' viram que se vissem um filme do seculo passado ou deste seculo por cada jogo de futebol nacional se divertiam muito mais?
 
Caro anónimo,
É verdade o que dizes sobre os 31 milhões mas também é verdade que no essencial foram investimentos de substituição porque em termos líquidos houve desinvestimento - venda de lateral direito, avançado e principalmente médio de transição. Na luz, não houve investimento substituição - quem veio reforçou ao contrário do porto onde quem veio teria que substituir aqueles que já eram referências, pelo que em igualdade de valores, seria maior o grau de exigibilidade que se faria ao benfica. Foi isso, penso eu, que quis dizer o Bruno. Mas isso não significa que não haja mérito nas aquisições do benfica nem que não haja demérito nas duas porto. Trata-se simplesmente de uma constatação de valores, apenas isso. Quanto ao Tomás Costa, concordo que o negócio é estranho, mas o post é sobre o benfica e o sobre o caso do CD ... falar do Tomás Costa neste post é tão apropriado como falar que hoje faz sol.

De facto falas da suspeição que recai sobre o Porto em conquistas de anos transactos. Essa suspeita incomoda-me como portista como aliás devia incomodar a todos os benfiquistas que o LFV fosse tão próximo das antas e do dragão nos anos em que mais o comportamento do FCPorto se parecia com o de uma família de mafiosos. Parece que o LFV aprendeu e está a aplicar direitinho o conhecimento acumulado na luz.
 
Outra coisa prezado anónimo: notou que não há audio em toda a gravação. Porque terá sido? Na sua teoria, o Hulk e o Sapunaru vieram lá do balneário só para bater no coitadinho do steward? Que hipótese tão verosímil! Tu é que pareces engolir cada coisa.

Admitindo que o steward fosse parte do jogo, não seria aceitável que ele pudésse ser punido pelo CD da liga? ahh ... mas não pode .. ele não está sob a alçada da liga. Que raio de interveniente do jogo será esse, que a liga não conhece, não acreditou e não pode punir?

Agora eu acho que o CD foi apenas incompetente. Quem agiu de forma deliberada neste caso, está escondido, mas deu ordens para esses cães de fila, que já ano passado tentaram fazer algo de semelhante, ou que de forma tão expedita deram uma vez um chapadão num empresário no aeroporto. É o modelo do guarda abel. Sempre foi uma figura que me repugnou, ainda bem que agora o exemplo não é do meu clube - migrou, agora vive na luz.

Esse mesmo alguém conseguiu soltar para a imprensa uma tese jurídica providencial que daria um suposto castigo de seis meses a quatro anos e que obrigou a uma suspensão preventiva. Curioso - nessa altura a discussão sobre se stewards eram elementos do jogo ainda nem tinha começado e já a imprensa falava sem pudores nessa moldura penal. Na altura da sentença se o CD da liga tivésse um pingo de decência já teria que enfiar a cabeça na areia porque dar uma moldura penal de 4 jogos a alguém que já estava em suspensão preventiva de 2 meses era muita incompetência. Por isso continuaram com a farsa ... até agora.

Alguém que pressionou quem tinha que pressionar em Dezembro e Janeiro e agora para lavar as mãos solta uma nota de imprensa a louvar o trabalho do Presidente da liga em jeito de agradecimento. Tenham paciência ...e tenham decência.
 
Os anónimos não são sempre os mesmos.
Mas alegra-me saber que para um portista o LFV é suspeito só porque andava muito junto do PC. É que eu não rebaixaria a desonestidade portista de melhor maneira.
 
Por que não há audio? Não me digam que foi o SLB a inventar câmaras de vigilância que só captam imagens. Aliás, o ardil benfiquista é tão bem engendrado que foi LFV que nos anos 70 instituiu as câmaras de vigilância sem som, para que se popularizassem, espalhassem e assim não caíssem suspeitas pela parcialidade sensorial em 2009.
 
No Algarve também deviam haver uns quantos stewards em campo disfarçados de jogador. Tudo planeado para arrancar a animalidade do Bruno Alves e prejudicar o FCP. Os pontapés, cotoveladas e vis insultos são da inteira responsabilidade dos que levaram com eles.
 
A dúvida só fica a pairar na cabeça de alguns facciosos. E é só.

Olá menina limão.
 
Todos os anti-benfiquistas falam do caldeirão traiçoeiro que incitou a violência dos portistas. O que não falam é da natureza violenta da instituição portista, dos discursos incendiários, da cultura agressiva, do regionalismo bárbaro. Só no FCP encontramos casos ímpares de jogadores movidos por pura e inqualificável maldade, de Paulinhos a Brunos. Nos outros clubes encontramos jogadores excessivos, caceteiros ou até intempestivos (um Sá Pinto ou um Binya), mas objectivamente maldosos só os que passaram pelo FCP. Facciosismo é negá-lo. Facciosismo é ignorar a ignómina índole dos azuis e brancos, ignorar os rastilhos que PC tão bem ilumina com isqueiro.
 
Até admito que o enquadramento legal dos jonh´s (stewards) seja passível de discussão...de discussão sublinho! daí não perceber a teoria da decisão do CD ser "escandalosa".
Relativamente a isso, até tenho opinião (ainda que não vos interesse dou na mesma) na dicotomia Agente/público inclino-me mais para o Agente, por 2 razões, porque a sua presença é obrigatoria. pela jurispodência de casos com bombeiros e apanha-bolas, assim considerados em ocasiões passadas.
Se querem saber no meio disto tudo chocam-me 2 coisa. A 1ª a história da suspensão preventiva (uma aberração que pelos vistos foi proposta pelo FCP) e o facto do Vandinho levar não-se-quantos meses por tentativa de agressão e tododos os outros que agrediram de facto levarem 2 ou 3 jogos. Só mais uma coisinha, relativamente aos factos (provados pelos vistos) eu vi as imagens, e reparei que o Hulk, ao contrário de todos os colegas, manteve-se junto à entrada do túnel com cara de poucos amigos, admito que no seguimento algum jonh lhe tenha dito qualquer coisa menos própria, mas cheira-me que isso tenha funcionado como um pretexto, e menos como uma provocacão, só encarada assim para se poder reduzir a pena!
 
É que eu não rebaixaria a desonestidade portista de melhor maneira.
Talvez haja portistas que apesar de torcerem pelo clube admitem que o mesmo tem telhados de vidro. Isso é sinal de inteligência, coisa que falta a benfiquistas que defendem sem reservas o LFV e a sua trupe.

Quanto ao exemplo de Bruno Alves - é muito conveniente encontrar um exemplo que manobre as atenções e crie uma diversão, quando a culpa é tão evidente para os lados da luz.

Quanto à ideia de que apenas no Porto existem jogadores maldosos, eu apenas a posso considerar como genuina miopia, para não dizer coisa pior. Mas de facto eu não esperaria coisa melhor, perante a argumentação que li.

A suspensão preventiva não terá sido proposta pelo Porto. O artigo que fala em agressão a elemento do jogo é que foi. A suspensão preventiva será sempre da responsabilidade de quem vai fazer o julgamento - esse é um princípio jurídico transversal a qualquer julgamento.

Parabéns benfiquistas, tiveram equipa melhor este ano. Aproveitem esse facto, que tem sido raro nestes últimos 30 anos.
 
33 milhões de euros! Está tudo explicado.


Para um sorriso:

Jon Stewart, do Daily Show, explica-nos, com humor, a nova moda da Internet chamada Chat Roulette:

Jon Stewart: Há um novo site na Internet, chamado Chat Roulette e basicamente permite conversar, com vídeo, com pessoas ao calhas, e depois clicar num botão e passar à pessoa seguinte quando estamos fartos dessa pessoa.

É uma diversão inofensiva. É o género de coisa que toda a gente vai fazer uma vez. É como ter sexo na casa de banho do café de uma estação de serviço. Não é o género de coisa que preocupe muito as pessoas, excepto pelo facto de ser na Internet...

Vídeo legendado em português
.
 
Isto de comentadores me deixarem olás nos blogues dos outros tem a sua piada. Hoje esteve sol e vi patos. A vida é vela.
 
HAHAHA, é preciso pôr aqui os links das escutas no youtube para saber qual das facções é que está a tentar varrer para debaixo do sofá?
Enquanto PC andar em liberdade não há um atomozinho de culpa que se possa imputar aos benfiquistas que não têm pesos de consciência com o seu presidente. Quem é que quer saber de uma coisa ténue e hipotética quando o concreto e cabal não serve de prova em tribunal? Respondo: os recalcados que sabem da palhaçada que foram estes últimos 30 anos, mas preferiam não saber.
 
Acabo de visitar um fórum do FCP (fui lá parar a googlar "Bruno Alves, André, Paulinho Santos, João Pinto, Fernando Couto e outros caceteiros") onde os adeptos desculpavam as atitudes violentas do Bruno Alves com um único, simples e orgulhoso argumento : "é um jogador à Porto"; "estava a jogar à Porto".
Quando os próprios adeptos de um clube saúdam, patrocinam e se apropriam da carnificina dentro de campo, é preciso estarmos com teorias da conspiração para explicar a violência fora de campo? Tudo uma questão de cultura. O FCP é um grémio de bestialidade.
 
Fraquíssimo o post, perfeitamente impensado (e não só pelo pobre do joseph cotten). E absolutamente descabidos os comentários. A verdadeira questão é que toda as tramóias dos túneis (e as discussões sobre o direito a aplicar) irão ficar na história como sublinhando o mérito e a qualidade do primeiro título de campeão do treinador ... Domingos Paciência. O resto é nada ...
 

Enviar um comentário

Comentários



<< Home