A sombra de uma dúvida


A Sombra de uma dúvida, Alfred Hitchcock (1943)

O Benfica está a jogar o melhor futebol que vemos em Portugal desde há muitos anos. Assim sendo, apesar da benesse de um investimento de 33 milhões de euros, jamais me passaria pela cabeça tirar mérito à prodigiosa máquina montada Jorge Jesus. O que Jorge Jesus não merecia é que Ricardo Costa, o narciso que preside à Comissão Disciplinar da Liga, colocasse este campeonato sob suspeita. Como bem denunciava Costa Andrade há cerca de um mês, no seu afã justiceiro, polvilhado da mais refinada hipocrisia, Ricardo Costa não teve problemas em atropelar regras elementares do Direito. Com a dramática redução de pena de Hulk pelo Conselho de Justiça da FPF, a senda persecutória de Ricardo Costa fica a céu aberto. Até porque HUlk estava a fazer uma época risível, o Benfica de Jorge Jesus, o Benfica de Aimar, Cardozo, Saviola, Di Maria e Javi Garcia não precisava dito. E provavelmente não merecia a sombra da dúvida que inevitavelmente ficará pairando sobre o campeonato 2009/2010.



<< Home