Castigos anunciados às 15:30


Comments:
Cheira-me a 6 meses no mínimo.
 
4 meses, fizeram as contas para ele jogar na consagração do Benfica. Pode ser que lhes saiam furadas.
 
caro Bruno, o ponto 5 do comunicado do porto sobre os castigos é no minimo revelador, não acha?

"5 - Se convocou a comunicação social para dizer ao país aquilo que toda a gente já sabia - os atletas do FC Porto reagiram como qualquer bom chefe de família, depois de verbalmente provocados e fisicamente empurrados como gado, por seguranças privados travestidos com um colete -, mais valia que tivesse trancado a vaidade no gabinete, cingindo-se ao recato de um julgador"
 
sublinhem-se as ideias do "bom chefe de familia" e do "julgador a decidir no recato do gabinete"


 
« Na certeza de que julgar é um exigente exercício de renúncia e despojamento e não a gratificante e narcisista exibição de troféus de caça, sob os holofotes a aureolar um inebriante e inesquecível momento de glória». Comentário de Costa Andrade sobre uma outra “célebre decisão” do peão do Benfica, ou melhor da Ndrangheta.
 
Bela prosa, andou bem Costa Andrade.
 
é assim mesmo! contra os holofotes marchar, marchar!
 
E o Hulk tão bom rapaz...
E o Fernandinho aos pontapés talvez a ver se caçava moscas...

O Porto NUNCA sabe perder. Ponto.
 
«Chefe de família»? Então que se fodam.
 
O comunicado infeliz é da Sad - supomos que redigido por algum marialva de serviço. Os jogadores, esses, os tais que se foderam com castigos exemplares (é escusado pedir mais, o serviço foi bem feito), fizeram uma comunicação bem diferente.
http://www.youtube.com/watch?v=smZHt0LEkOA
 
Já tinha visto, mas não reparei que o comunicado escrito era da Sad. sad sad sad
 
Mas acrescento: pouco importa quem é que partilha dos mesmos valores (nunca o saberemos, tu não o sabes), a verdade é que se trata de um comunicado oficial do FC Porto. Portanto mantenho o que disse.
 
Uma posição oficial da SAD do FCPorto (apesar de tudo, não é o mesmo que o FcPorto, mas será um preciosismo). O facto é que se quiseres levar ao absurdo uma visão instituicionalista da responsabilidade tens razão. Mas perceba-se o absurdo: por essa ordem de ideias eu, como cidadão português, sou responsável pela invasão do Iraque já que Durão Barroso a apoiou em nome de Portugal.

Toda a gente percebe que Hulk e Sapunaru, vítimas dos castigos, nada têm a ver com o comunicado da Sad e, até porque há um comunicado dos jogadores, o justo seria responsabilizá-los por esse - onde não figuram referências estapafúrdias à honra patriarcal.
 
No meu post, a referência ao castigo é apenas irónica - aviso prévio no título - não há ali qualquer tomada de posição em relação ao castigo, trata-se somente de uma crítica à expressão usada.
 
castigo leve, à luz dos regulamentos. ninguém os agrediu, pelo que o castigo não pode ser para resposta a agressão.

quanto a atenuantes, elas apenas servem para encostar o castigo à margem mínima, e nunca para os colocar abaixo dela como no caso de hulk.

e mesmo assim deu muito jeitinho não se poder usar as imagens, caso contrário o rodriguez era castigado também.

saíram do balneário de propósito para se atirarem ao árbitro... pelo que os stewards foram heróis.
 
ai ai ai, menina limão, pode não ser futebol mas que é quejando, é.
Seu,
Simão Sabrosa
 
Poças, o Simão Sabrosa é meu e eu não sabia.
 
A expressão "chefe de família" é tão idiota como quem a usa, mas é cara ao meio marialva futeboleiro. O primeiro a aplicá-la no léxico respectivo foi o já falecido adepto do sport lisboa, Artur Semedo, cineasta de profissão e famoso nas Berlengas,que afirmou que quem não é do seu clube não é bom pai de família.É possível que ele tivesse razão, não sei.
 
Completamente. E cada gota de ácido ajuda.
Simão Sabrosa
 

Enviar um comentário

Comentários



<< Home