Haiti

"Custa-me, mais uma vez, constatar que a injustiça continua a ser grande e que catástrofes com dimensões idênticas por vezes têm consequência menores (basta que aconteçam em países ditos "avançados"), outras dizimam populações inteiras. Mas apraz-me perceber que cada vez mais os cidadãos do Mundo se unem, estão alerta, têm iniciativa e agem." Fernando Nobre
Na verdade, vejo-me hesitante entre o "puro lamento" (revolta com o absurdo) e a politização de uma espécie de "culpa do sobrevivente" (a consciência de como a assimetria na distribuição dos recursos determina o grau de vulnerabilidade ao inesperado).

Podem ver aqui como contribuir para a campanha de Emergência da AMI.

(Publicado originalmente no Arrastão)

Comments:
Já reparou que quem anda a vaguear por lá são os pobres?
Os ricos que viviam nas grandes habitações, f....-se!
O Palácio, foi-se! Lamentavelmente os donos da casa estavam no aeroporto... só sucumbiram os criados que, por acaso, ou não, também eram previlegiados.
É assim a vida dos ca...ões: às vezes lixam-se.
Afinal nem sempre perdemos :-)
 

Enviar um comentário

Comentários



<< Home