23 anos

"Um erro num diagnóstico levou a que um belga estivesse 23 anos hospitalizado. De acordo com os médicos, o paciente esteve sempre em coma, mas uma investigação recente comprovou que ele esteve sempre consciente.

«Eu gritava, mas ninguém me ouvia», disse o doente, que nunca perdeu a consciência e que via, ouvia e sentia tudo o que se passava à sua volta." TSF
É difícil imaginar desespero maior.

Comments:

Enviar um comentário

Comentários



<< Home