Ferreira Leite: anatomia de um sorriso

Manuela Ferreira Leite tem um sorriso bonito. Falo sério. Bonito porque sim. Mas também porque tendemos a valorizar a beleza de um sorriso vindo de alguém que raramente o usa. A austeridade com que Ferreira Leite pautou a sua imagem pública durante muitos anos serve de fundo a aparição do seu sorriso, potenciando-lhe a graça. Naturalmente seríamos inocentes de julgássemos que o sorriso de Ferreira Leite entra em cena na Primavera-Verão de 2009 por mero estado de alma.

Até certa altura exaltou-se o modo como Ferreira Leite se apresentava ao governo da nação sem qualquer concessão ao marketing da imagem. Às tantas diz Pacheco Pereira: "E aquela face desprovida de qualquer defesa, exposta ao escrutínio quase incomodado dos espectadores, transmutou-se numa beleza muito especial, muito rara - a da verdade". Um pouco como todos os concorrentes do Big Brother terão afirmado em sua defesa, tratava-se de explicar que Ferreira Leite "é como é": tem uma imagem que não agrada, que não se enquadra no culto contemporâneo da jovialidade, mas é como é, fiel a si mesma. Na presença mediática de Ferreira Leite o sorriso surgiu como uma importante concessão, uma suavização imagética através da qual Ferreira Leite buscou desagravo depois de, muito genuinamente, "ser como é" em relação à família para procriação, em relação aos empregos para cabo-verdianos e ucranianos e em relação às pausas da democracia.

O aspecto mais irónico é que, seja na celebração da seriedade incorporada por Ferreira Leite, seja no modo como o sorriso abjura a severidade de outrora, Ferreira Leite faz hoje depender a sua mensagem, como nenhum outro candidato, precisamente da imagem. Temos uma paradoxal candidata de plástico em que a omissão de propostas e a fragilidade discursiva é apresentada como uma política de verdade, uma visão insólita que defende a ausência de substância política como uma nova forma de moralidade na política.

Até há um tempo muita gente julgava Ferreira Leite capaz de tudo menos de sorrir. Hoje vamos começando a suspeitar que entre a verdade das rugas e o sorriso bonito está tudo aquilo de que ela é capaz.

Comments:

Enviar um comentário

Comentários



<< Home