Empedernido

O bom do Robert Fisk continua dizer estas barbaridades porquanto se recusa a abrir o coração à prosa da Helena Matos.

Comments:

Enviar um comentário

Comentários



<< Home