Christian Rodriguez

Fica por esclarecer até que ponto o processo "apito final" não terá sido uma conspiração urdida pelo próprio Pinto da Costa para fazer com que Luis Filipe Vieira se deixasse distrair com telefonemas para o Conselho Disciplinar da Liga, viagens à Suíça, faxes para Uefa, queixas no Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, velinhas à santa, apelos ao Marinho Pinto e outras mezinhas que tal. Pelo muito que o considero, é urgente que Rui Costa se livre do padrinho inoperante que lhe calhou em sorte.



<< Home