Cenário pré-apocalíptico

Hoje quando me dirigi à secção de verduras do Pingo Doce na perspectiva de uma salada já não havia alface. É oficial, a crise existe. Não deixa de ser surpreendente como é que sociedades de compleição ateia se vergam tão humildemente às inevitabilidades e humores do Mercado. Vergados ao devir acumulativo dos accionistas, estamos todos a viver num Truman Show da especulação que ninguém comanda realmente.

Por muito que me chamem ingénuo, estou com o Miguel Vale de Almeida:

"não seria altura de começarmos a pensar numa grande, enorme manifestação contra a insanidade neoliberal que anda a destruir as nossas vidas?"





<< Home