Blindness


Pelo que já pude ler, a adaptação de Fernando Meirelles e Don McKellar ao "Ensaio sobre a Cegueira", ontem estreada em Cannes, terá tido uma receptividade nada entusiasta. Mas como 90% das críticos que estiveram na estreia (dos que li) julgam o filme mais preocupados em disfarçar(mal) que não leram o livro (assumissem que não lhes ficava pior), o melhor mesmo é aguardar. Se por um lado, a avaliação de um filme enquanto adaptação pode ser mais severa pelo sentimento de perda em relação ao livro, por outro, a vaga familiaridade da revisitação é às vezes todo um prazer (que não necessariamente cinemático).

As angústias autorais de Meirelles em blog, pelo próprio. Delicioso:
Para completar a noite desastrosa no focus group, uma mulher, que havia avaliado o filme como “pobre”, fazia questão de participar ativamente do debate levantando todo tipo de problema que passava pela sua cabeça perversa e despenteada. Se o braço da minha poltrona fosse removível provavelmente teria tentado acertar aquele cucuruto grisalho de onde saía sua voz irritante:
“The sexual violence is totally gratuitous in the film”, dizia.
“Fecha essa matraca e vá pentear esse cabelo minha senhora!”, eu replicava mentalmente. “E aproveita e bota uma tintura também!”



<< Home