Scolari

Agora que Scolari já experimentou os jogadores que queria, está na altura dos jogadores poderem experimentar outro seleccionador.

P.S.1
Para alguns, as lesões e os maus momentos de forma de jogadores cruciais são uma importante atenuante na avaliação do desempenho de Scolari. Errado. É óbvio que as lesões surgem em catadupa como uma forma silenciosa de protesto contra a imbecilidade scolariana: uma espécie de boicote à escala músculo-esquelética. Os corpos dos portugueses emigrados por motivos futebolísticos são dotados de uma sensibilidade mística inteiramente estimável. O facto é que a aversão ao futebol de Scolari vem provocando reacções somáticas a uma escala que devia preocupar os nossos dirigentes. A minha urticária é o menos.

P.S.2 Não deixa de ser irónico que, entre tantas lesões, Carlos Martins apareça apto para jogar e, o que é mais estranho, sem sair de maca aos 20 minutos. Ao que parece tudo mudou quando há 2 anos foi à Alemanha e descobriu o mistério até então indecifrado nos laboratórios clínicos de Alvalade: tem uma perna mais curta que a outra. Umas palmilhas teriam poupado muito Reumon Gel ao orçamento leonino.



<< Home