Donor Fatigue

Donor fatigue [à letra: a fadiga do doador]. Este conceito era ontem trazido para a análise política numa abordagem ao que se segue na disputa democrata. O prolongamento da campanha exige que a torneira dos fundos continue aberta, explicava-se, facto mais sensível para Clinton, dependente de grandes doadores, do que para Obama, cuja campanha assenta assenta fundamentalmente em pequenas contribuições de anónimos.

Por esta perspectiva, é lícito dizer que no longo curso a permanência da dádiva se sustenta melhor com a generosidade de estranhos do que com o esforço dos poucos que já muito deram. Os termos pelos quais os grandes doadores resistem ao cansaço constitui uma das mais expressivas demonstrações de generosidade na vida social (aceno às mães que me lêem). Nas eleições americanas, não faço ideia



<< Home