Direita Liberal

"É verdade que os negros se encontram em média no fundo da tabela de quase todos os indicadores sociais americanos. No entanto, trata-se sobretudo de uma desgraça auto-infligida. As portas estão abertas a toda a gente nos EUA. Mas os negros americanos têm vivido o último meio século (basicamente desde o fim do Jim Crow) numa cultura de auto-guetização, de recusa do “sistema”, de racismo contra o “branco” (e mais recentemente o “asiático”). Se há hoje racismo em massa nos EUA é produzido pelos negros."
Texto de Luciano Amaral via André Azevedo Alves.

As polémicas sempre servem para alguma coisa. Com um pouco mais de atenção aos nomes, lá vou percebendo as muitas "tendências" que se agregam sob o modernaço estandarte da direita liberal indígena. E assim vamos.



<< Home