Página 161, Quinta frase

Entro nesta corrente pela mão do José Mário Silva (de novo a burilar em pleno na bloga), pela declaração de intenções do Julinho (em boa hora regressado de conspirações informáticas sem escrúpulos para nos dar Borges e Foucault), que logo acolhi sem mais, pelo desafio do João Sousa André (a citação dele, em bom neerlandês, é a mais rocambolesca até agora), e pela intimação (sic) da Isa (que vem de 36 anos enxutos orgulhosamente festejados no blog). Grato vos fico. Segue então a frase retirada do livro mais próximo no momento em que dei com a primeira ligação à corrente: Adivinhas de Pedro e Inês, da Agustina Bessa Luís. Para chegar à 161 tive que saltar muitas páginas ao ponto actual da minha leitura, facto que me fez temer uma revelação a destempo. Bem, de qualquer modo, adivinho eu que aquilo não corre muito bem no fim.
Eis então a citação. Por acaso, nada mal achada:

"O jogral, que escarnece de tudo, e o peregrino provençal, responsável pela doutrina herética do amor que nasce da mística cristã encontram-se num mesmo terreno de batalha — a angústia."



<< Home