Levar a Aimee Mann para a cama

Há muito que Mariano anda a levar a Aimee Mann para a cama. Como o concebo, o conceito "levar a Aimee Mann para a cama" não revolve a exaltação predadora ou sequer o frémito de uma cópula. Objectivamente, descreve uma coreografia possível: um adormecer melancólico arrastado ao fim do cd. Simbolicamente arvora-se em metáfora contemporânea para falar do anoitecer depressivo. Estamos no plano de uma sincera desistência do dia que, contra a costumeira celebração sexual do móvel, escarnece todo o convívio erótico que a cama lembra ou representa: nada de canzanas, sessenta e noves ou cafunés. Apenas Aimee Mann.

Amanhã vou descer ao café, vou espreitar por sobre o jornal, vou pôr-me adivinhar quem tem cara de andar a levar a Aimee Mann para a cama.



<< Home