TV+

Elegendo-me como eventual contendor, o Tiago cumula de bênçãos este esquerdalha pouco imune à vaidade. O Tiago tem alguma razão quando fala num prurido esquerdo-intelectual relativamente à cultura televisiva com adesão popular (o futebol tem surgido como excepção e hoje tornou-se chique a descida ao mundo das bordoadas - naturalmente falo com a presunção de um nativo-agora-chique no que refere à bola). Mas, acrescento um elemento: os preceitos do prestígio académico que, nas suas mais elevadas patentes, parecem desaconselhar em Portugal uma excessiva diluição com as mundanidades "popularuchas". Por isso, a mistura mais castradora é o purismo ideológico (qualquer) mais elitismo escolástico. Remate-se com propriedade: Tiago, perdoa-lhes, naturalmente não sabem o que perdem.



<< Home