Grandes Portugueses

Salazar eleito democraticamente. Não é só uma perversa ironia: o país vai nu.



<< Home