Ler

Sobre a relação entre Natascha Kampusch e "O Coleccionador".

Poderá o autor (no sentido de criador original) do crime ter sido um romancista (John Fowles)? De facto, as reactualizações da cultura pouco se condoem no dilema da origem (ficcional ou não ficcional), simplesmente porque as possibilidades narrativas de que dispomos (o fundo mimético de uma cultura) mais não são do actualizações e reformulações onde se confundem experiências, mitos e efabulações ancestrais. Como dizia Borges, nós criamos os nosos percursores, seja para lhes imputar uma verso novo ou um estigma póstumo. Como diria também Harold Bloom, há sempre um autor de que nos procuramos distanciar (assim o entronizando como referente de partida). A recurva genealogia entre Nietzsche e Hitler é pródiga destas questões.



<< Home