Audre Lorde


Era assim que Audre Lorde se reconhecia: mulher, negra, lésbica, gorda, mãe, quase cega, ambidestra, poeta. Morreu em 1992.



<< Home