Lara

A cada violência ontológica que a arrombou pôde sentir que seguia como que por interposta pessoa. O nome e o corpo, vagamente resilentes, conluiem ainda a ficção de ser Lara.

Etiquetas:




<< Home