A formação da opinião por link

No afã dos apoiantes da "determinação bélica israelita" em linkarem quem com eles concorda (como quem diz: magia é mesmo isto!), nesse afã, dizia, não consigo deixar de ler uma tocante necessidade de se recobrirem dúvidas próprias com certezas alheias. Venho assistindo um mágnifico espectáculo colectivo de cristalização de sensibilidades Israel friendly. Estão agora convertidas - essas respeitáveis sensibilidades - a uma inabalável convição que não transige com a dúvida nem com a "chantagem da morte". De onde leio, algum lamento.



<< Home