Católica e o fato escuro

Também eu já tinha referido esse insólito pormenor do fato escuro "encorajado" em determinadas ocasiões na Universidade Católica. Depois do que aqui li convido desde já uns quantos para ousarmos jeans e t-shirt na próxima conferência pública que mereça fato escuro. Se for barrado à porta não é grave, aceitarei as regras, para vergonha da casa. Poderei sempre refugiar-me no conforto memorativo das discotecas que na adolescência tantas vezes me puniram o involuntário celibato.



<< Home