Os lubrificantes tácitos

Os proprietários dos veículos quando pagam ao mecânico para que, após a revisão, lhes leve o carro à inspecção estão financiar o incómodo e o tempo implicado numa ida ao centro de inspecções. Essa é a história consensual. Mas. Será que. Será que na factura não devia estar também aquilo mais porque se paga (ainda que sem querer e sem má fé de alguma das partes)?. Isto é: "a maior probabilidade de que o carro passe à primeira em nome das relações de proximidade que necessariamente se estabelecem com a reiterada ida dos mecânicos aos centros de inspecções?"



<< Home