Nem mais

Manuel Alegre: "Funcionário-deputado do PS há 30 anos, apoiante sistemático das políticas dos vários primeiros-ministros socialistas, Alegre não tem pensamento político para lá de meia dúzia de banalidades vaidosas. Alegre não existe, e quando tenta existir não se vê mais do que um vazio redondo, marialva, preguiçoso e republicanamente antiquado. E os seus apoiantes regressarão a casa e às suas vidas já amanhã; quando muito farão uma Sedes, com ocasionais jantares-tertúlia no Centro Nacional de Cultura. Triste, muito triste, o efeito Alegre. Compreendo a motivação de muitos dos seus apoiantes e eleitores - a crítica ao sistema partidário, ao próprio PS, a vontade de cidadania - mas apostaram no cavalo errado. Espero que consigam dar a volta e não deitar fora 20% de votos. (Miguel Vale de Almeida)



<< Home