A aquecer

Do Público

O dirigente do BE tentou também deixar no ar a impressão de impreparação de Cavaco Silva em questões, tais como a Segurança Social. Fê-lo depois de Cavaco Silva ter sugerido um estudo sobre o actual estado da Segurança Social,após seis anos de alterações substantivas. "Esse relatório já está feito e está disponível na Assembleia da República. Esse estudo já existe, eu conheço-o e era
bom que todos os outros candidatos o conhecessem, disparou o economista do BE".

"Há momentos em que um político se deve elevar à altura das circunstâncias. Um político pequeno fica calado", resumiu Louçã sobre a invasão do Iraque.

Louçã tentou também apresentar Cavaco Silva como o candidato mais próximo do primeiro-ministro José Sócrates: Até agora, excepto o meu adversário, não encontrei quem se identificasse tão abertamente com o primeiro-ministro."Uma colagem que a resposta do ex-presidente do PSD a Louçã não conseguiu contrariar.

A discussão da lei da nacionalidade proporcionou os momentos menos conseguidos de ambos os candidatos. Do lado de Cavaco Silva, esse momento foi quando afirmou que os "portugueses poderiam ficar em minoria", caso os partidos não fossem "cuidadosos" na alteração da lei."A entrada de dez milhões de imigrantes em Portugal, de um momento para outro, é um momento divertido do debate", reagiu sorridente Francisco Louçã.Este candidato não conseguiu, no entanto, evitar trazer para o debate uma criança, quando afirmou ter conhecido o "Nélson" que tinha "chorado com a derrota de Portugal contra a Grécia", mas que estava impedido de de jogar futebol federado por ser estrangeiro.


Nao assisti ao debate, mas fica a curiosidade, continuaram a chamar a um Prof. e a outro Dr.? Apesar do que aqui bem lembram?




<< Home