Jorge Costa

Tenho a a mania de não me fazer sócio de nada para proclamar a minha independência, independente com causas, blá, blá, como se... Mas hoje é daqueles dias que eu gostava mesmo de ter um cartão de sócio do FCP. O que fizeram ao Jorge Costa dói-me mais do que uma descida de divisão. Ser portista tem a ver com um vínculo a certos símbolos e lealdades em que o pessoal e o institucional se confundem no reconhecimento das lágrimas, tanto quanto das glórias, deixadas em campo -- temas que outros nunca poderão sequer perceber. Mas quem isto faz ou permite nada merece. Algo de muito desestruturante ao nível identitário se vem passando pelo Dragão. Hoje, dizia, é daqueles dias que eu gostava mesmo de ter um cartão de sócio do FCP... Para o rasgar.Disse.



<< Home