Comércios

Sabemo-lo. A blogosfera é um meio que namora o registo intelectual. Ora, fica bem ao registo intelectual um alheamento dos comércios da vida. Só assim se explica que ninguém use o blog para vender o carro, arranjar férias, alugar casa ou vender móveis. Quando muito aparecem uns quantos a procurar aquele livro ou aquele filme.

Os silêncios que nos habituamos a tomar como naturais dizem muito sobre as lógicas dominantes por aqui instaladas, a partir de uma registo marcadamente intelectualista.



<< Home