Masculinidades

Assim que tiver um pouco de tempo, vou-me dedicar com algum cuidado ao desafio lançado pelo Afonso Bivar e logo reiterado pelo Luís Januário (sim, com apelido e tudo). O post-atiçador alude aos comentários marialvas nos espaços de encontro masculino, como o futebol. Comentários em que o espectro da homossexualidade é continuamente invocado para os jogos de masculinidade. Avanço algo. Muito do que há a dizer sobre este assunto é sintetizado numa piada tão típica quanto reles dos balneários mais rústicos (o rústico, diga-se, está amplamente democratizado):
"Ó fulano, gostas de cona?" Sim? Então chupa aqui que ainda sabe a ela!"
Partirei da escavação dos múltiplos valores presentes nesta piada para prescrutar a pérola que o Afonso nos traz: "Corta Vicente para Canto".



<< Home