SMS: O dedilhar do amor

Daniel:
sms1 Diz-me adeus mais uma vez. Só para ver se desta vez consegues que não chore.
sms2 Ou então não digas. «Só» para ver se somos capazes de nos amar até ao fim. Até esgotarmos as eternuridades*. (Infindas).
*Eternuridade, s.f. (do lat. aeternitate por aglutinação com do lat. ternu). Qualidade efémera do que é terno.|| O que há de eterno no transitório.|| Afecto muito longo; tristeza suave e demorada.||



<< Home