Gestos


O homem do Mal inspira-se numas linhas sobre body painting para escrever um belo poema com eyliners e lipstiks.
O meu irmãozinho ajuda-me a compor o brinco que eu fracasso ajeitar ao espelho.

Qual vaidade? Se isto não é a ternura que vem da espuma dos dias, não sei o que é.



<< Home