Ensinanças


Não duvidemos, há a marca de um heroísmo naquelas/es que ousam amar contra preconceito e naquelas/es que publicamente dedicam as suas vidas para desbravar caminho na intolerância. Aplaudindo a belíssima campanha da Ilga, é a essas pessoas que aqui presto também a minha homenagem*. Que a coragem se trivialize na celebração dos afectos. Que os amores que ousam dizer o seu nome possam dar as mãos a uma sociedade pós-homofóbica.

Algumas dessas pessoas escrevem por aqui



<< Home