"O orgasmo da loucura"

"Percebemos bem que as massas de "cientistas humanos" psicólogos, psiquiatras, de todas as espécies de professores e reformadores e gestores estão a ser reproduzidas nos países capitalistas-fascistas-imperialistas a fim de reforçar as definições de normalidade. A normalização impõe necessidades em vez de as reconhecer"

"A romantização corrente da loucura não tem futuro. A politização da loucura é indispensável se tivermos de criar um futuro.
Todas as contradições destas páginas são da minha responsabilidade, mas algumas delas pertencem a toda a humanidade."
David Cooper, A linguagem da Loucura

Este homem é de um radicalismo atroz, a verdade é que os caminhos da pirâmide, marcados pelo individualismo burguês que em nós milita, são bem mais estreitos o que aquilo que supomos, como estreita é a própria noção de degraus de necessidade.



<< Home