A imodéstia da infelicidade

Quando tudo acabou ela disse-lhe que ia ficar com João, o colega de liceu que há anos a esperava em devoção. “E Tu?” “Ficarei só”, disse ele vago. “Lara. Amo-te. Temo um deserto, sabes, mas levo comigo a esperança de voltar a sentir isto num qualquer fim”. Lara, sem fé alguma, invejou-o. A inveja dos trágicos é uma coisa absurda.



<< Home