Governo: futures

Diz Ana Gomes: "Ferro Rodrigues é reservatório de um capital de credibilidade e de capacidade de governação de que o PS e o País não podem, de modo nenhum, prescindir". Independentemente dos muitos reparos que devem ser feitos à liderança de Ferro, o que eu sei é que, caso Sócrates venha a ser empossado primeiro ministro, seria um péssimo sinal que não convidasse Ferro Rodrigues para uma das pastas ministriais. Confirmar-se-ia a ideia, por alguns aventada, segundo a qual o partido de Sócrates é, na melhor das hipóteses, a extrema direita da esquerda.



<< Home