A arte de bem mourinhar

Escreve o maradona

"O Mourinho não tem uma ponta de imodestia, e é muito menos arrogante do que seria justo ser. Se fosse imodesto não trabalhava tão obsessivamente em tudo o que remotamente possa implicar com o desempenho dos seus jogadores em campo: achar-se-ia tão bom que se refastelaria na poltrona e deixaria que toda a sua qualidade se transfusesse para os jogadores através de artes mágicas que, imodestamente, pensaria possuir. E também não é demasiadamente arrogante, pelo menos tanto quanto a evidente preguiça e incompetência alheia (muito especialemnte dos treinadores portugueses da velha guarda) poderia justificar.

Para ir além dos ignorantes sensos comuns acerca da arrogância de Mourinho, não é preciso ser portista. Basta consumir o melhor futebol que por aí se faz. Prova-o o maradona, um gajo decididamente louco que urge que desafiar para um campeonato de toques.



<< Home