O Deco e a cidade

O sempre excessivo Cafajeste afirma que "ver o Deco jogar é melhor que sexo".

O advento da Ciciolina e a descralização da experiência sexual, estetizada em séries como o "Sexo e a Cidade", faz esta comparação perder o brillho e a capacidade de choque. Caro Cafajeste, as transformações culturais recentes vão despindo o "sexo" -- o conceito -- de violência emocional. É que para falar do Deco convém pôr algum sentimento.



<< Home