Escrita erótica

Está a passar de moda. É pena. Refiro-me aquelas T-shirts justas com uns dizeres sobre as mamas. Há nelas (nas T-shirts, bem entendido) uma honestidade social que comove: "É para olhar, certo? (com discrição, obviamente)".
É brilhante, quem as usa pode fazer das duas uma: 1- revelar as suas ideias e passar mensagens, capitalizando assim a atenção que os relvevos costumam cativar 2- Pôr uns escritos interessantes que chamem a atenção dos mais distraídos para esses universos de significado que se escondem debaixo da T-shirt.

Por outro lado, para quem olha poderá estar resolvido parte daquele constrangimento de deixar cair demasiado os olhos, haverá sempre a desculpa: "interessante..., mas quem disse isso foi o Althuser?". E depois é sempre uma boa forma de conhecer as pessoas pelos dizeres que guardam junto ao peito. Finalmente, os ditos sobre os seios sintetizam uma união entre a estética erótica e a antropologia, está lá tudo: o fascínio de tentar perceber um mundo como um texto, a aspiração de ler para lá das evidências.



<< Home