Geração Borndiep

Gostaria de pensar que depois de uma dormência pós-revolucionária emerge em Portugal uma geração politicamente engajada e inventiva. Falo de uma geração nutrida por uma solidariedade transnacional e fortemente apostada na desestabilização trazida pela construção de uma "legalidade inesperada". Chamo-lhe a Geração Borndiep, um conceito que se situa entre uma metonímia sócio-política e um wishful thinking.



<< Home