Confia em mim

Neste mundo quotidiano,
que é tão parecido
com o livro d'As Mil e uma Noites,
não existe um só acto que não corra o risco
de ser uma operação de magia,
não existe um só acto que não possa ser o primeiro
de uma infinita sequência.

A Cifra Jorge Luis Borges

Buscar os momentos mágicos de onde nascem histórias sem fim é bem mais do que falar "daquela tarde em choquei com Lara no talho", é bem mais do que pensar "na urgência que me fez buscar entremeada para grelhar", é mais. É a tragédia de perceber que a magia pode vir de todo o lado e, logo, de nada te serve que a esperes outra vez no mesmo talho. Poderá ser na secção de enlatados do Lidl, poderá não ser Lara a razão da tua espera. No entanto, eu sei que ainda lá irás umas tardes mais espreitar a montra, fingindo que procuras indeciso um entrecosto. Por uns tempos não conseguirás ver magia para além de Lara, para além daquele talho. Mas olha, não te assustes com as "sequências infinitas" de Borges. Elas estão sempre começar. Por aí. Consta.



<< Home