É uma pena, mas você não vale a pena


Caro Jorge Sampaio, a ideia de preferir a estabilidade à democracia não é nova. A história do século XX português está aí para o provar.



<< Home