I love this game


Helder postiga: Sabemo-lo. O futebol resgata os seus nos momentos em que eles mais precisam. Depois de uma época sem jogar no Totenham, muitos ingleses chegaram a gozar com a convocação para a selecção do ex-avanaçado do Porto. Renasceu das cinzas e fez o golo mais importante do jogo de ontem, o golo da salvalção. O golo da nossa salvação. (o "nossa" escapou-me, mas não canto aquele hino horrível).

Coragem: a substituição de Scolari ao tirar Figo

Momento do Jogo: O penalti que o Postiga marcou ao James. Não se faz. Como é que um puto, sabendo que se falha Portugal acaba ali - não a selecção, mas a nação propriamente dita - tem a frieza, a confiaça, a ousadia e a deliciosa estupidez de intentar uma habilidade normalmente guardada para gozar com os guarda-redes nos treinos. Recordo a cara de alegria e estuepafacção de Deco após o remate Postiga, a sua face claramente dizia: "Passsou-se!" Lindo.

Ricardo Carvalho: Carlsberg man of the Match Como diria José Mourinho: mais uma exibição absurda. No outro dia uma ex-namorada chamou-me a atenção para a beleza do seu sorriso tímido. Embora eu seja suspeito para avaliar o seu bom gosto, desta vez percebo-a.

Rui Costa:
Quem sabe, sabe. Grande golo. Dado que nada retira à apreensão com que encaro a ausência de Deco no próximo de jogo, por castigo, e a provável titularidade do ex-prícipe de Florença. [Afinal o Deco joga. A apreensão vai então para os suecos e holandeses].

O herói: às vezes desenham-se histórias bonitas num jogo de futebol. Após 5 penaltis em que Ricardo andou a fugir da bola com assinalável sucesso, talvez a jogar ao mata - será que Scolari o induziu em erro com a história do mata-mata? -, defendeu e marcou, resolvendo o jogo. Nenhuma surpesa para quem se lembra dos vários penaltis que concretizou no Boavista. Bonita, a história das luvas: "A defesa sem luvas? Foi o instinto. Precisava de qualquer coisa que me alimentasse a possibilidade de defender um penalty."

Deco
: Como dizia o cafageste, glosando Nelson Rodrigues, o Deco é o Deco. E este é o maior que se lhe pode fazer. O Deco é o Deco, mesmo a jogar a defesa direito.

Beckham: o primeiro a testar a má condição do relvado da luz. Teve azar.



<< Home