Ex's: Um dilema antigo

"Ao contrário de alguns amigos, eu defendo academicamente que não devemos, em caso algum, manter amizades com as ex."

Um dos grandes vazios do património cultural ocidental prende-se com a relação de amizade que é possível estabelecer ou não com as/os ex's. Quase todas as tentativas de construir uma amizade após a relação amorosa fracassam. Não surpreende, pois, esse estranho figurino pós em que o único elo que é tornado emocional e socialmente concebível, se resume à sms no Natal e nos anos, e aos encontros acidentais na fila da charcutaria do hiper-mercado. É possível construir uma amizade com as/os exs? Quanto tempo depois?

Estas são questões pessoais e relacionais por muit@s vividas, mas a resposta tende a ser tão difícil de encontrar exactamente porque nos coloca perante dilemas culturais "novos" na sua escala social: dilemas característicos da modernidade tardia em que vivemos. Perante esse estranho vazio que tantas vezes fica, não exagero muito quando digo que a difícil amizade com as/os exs deveria ser pensada como um problema de civilização.



<< Home