Israel a la Sharon

Vejo na televisão imagens dos preparativos para a construção do muro Israelita. Buldozers e serras mecânicas a executarem a limpeza prévia pelo meio dos quintais de palestinianos que, impotentes, choram e atiram pedras enquanto são ameaçados pelas metrelhadoras . Sei do perigo que existe em se confluir a crítica às políticas de Israel com o anti-semitismo, um espúrio ódio antigo. Mas devo dizer que este Estado israelita apadrinhado pelo governo americano, é, na sua resoluta matriz belicista, uma das ameaças centrais a qualquer ideia de mundo mais fraterno. Não me venham com a simétrica naturalidade dos pares de acção-reacção, ali uns esmagam, outros são esmagados. Não devemos perder a memória, mas importa que cada tempo se preocupe com as suas vítimas. Se fosse sempre assim...



<< Home