A Lei e os Beijos

Desde que percebi que a lei pode servir desígnios emancipatórios têm-me surgido muitos projectos audazes. Mas conto-vos já uma utopia que frequentemente me assalta: Devia existir uma lei que nos autorizasse a beijar quem nos olha para os lábios mais de 5 segundos ou quem nos fala a menos de 3 dedos da boca! O regime seria opcional em função de quem nos olha ou fala. A natureza dos beijos também.



<< Home