A desgraça de Mercúrio em forma de SMS

Encontramo-la encostada uma desgostosa solidão, daquelas pouco dadas à fruição de danças a solo. Como explicar? Digamos que recebia muitas mensagens no telemóvel, mas quase todas ─ senão todas ─ tomavam a insólita forma de relatórios de envio. Podemos imaginar agora uma caixa mensagens cheia desses emissários perdidos. Estranho repositório de dor...

Se ao menos soubéssemos o seu número.



<< Home